Fiberglass Torres - Fibra de Vidro

Fibras de Vidro (Fiberglass)

Um fato que muitos desconhecem é que o nome correto para a conhecida fibra de vidro, na verdade é PRFV, ou seja, "Polímero Reforçado com Fibra de Vidro". Fibra de Vidro é o material compósito produzido basicamente a partir da aglomeração de finíssimos filamentos flexíveis de vidro com resina poliéster (ou outro tipo de resina) e posterior aplicação de uma substância catalisadora de polimerização.

A utilização da fibra de vidro permite a produção de peças com grande variedade de formatos e tamanhos, tais como placas para montagem de circuitos eletrônicos, cascos e hélices de barcos, fuselagens de aviões, caixas d'água, piscinas, pranchas de surf, recipientes de armazenamento, peças para inúmeros fins industriais em inúmeros ramos de atividade, carroçarias de automóveis, na construção civil e em milhares de outras aplicações.

A fibra de vidro possui inúmeras vantagens em relação a outros materiais. Conheça algumas dessas vantagens:

  • Altas Propriedades Mecânicas:
    Os plásticos reforçados com fibras de vidro tem alta resistência à tração, flexão e impacto, sendo muito empregados em aplicações estruturais.
  • Leveza:
    A fibra de vidro é bastante leve. Os laminados moldados por contato tem peso especifico 1.4, contra 2.7 para o alumínio e 7.8 para o aço.
  • Alta Rigidez Dielétrica:
    Fibra de vidro não conduz corrente elétrica, sendo usado como isolante estrutural em condições adversas.
  • Flexibilidade de projeto:
    Os plásticos reforçados com fibras de vidro permitem ampla flexibilidade de projeto, possibilitando a moldagem de peças complexas, grandes ou pequenas, sem emendas e com grande valor funcional e estético.
  • Estabilidade Dimensional:
    As peças de fibra de vidro mantém inalteradas suas formas e dimensões em condições extremas de uso. O baixo coeficiente de dilatação térmica, aliado baixíssima absorção de água, permitem o uso do Fiberglass ao lado de peças metálicas em aplicações sujeitas a grandes variações de temperatura e umidade.
  • Resistência a Corrosão:
    Fibra de vidro não enferruja e tem excepcional resistência a ambientes altamente agressivos aos materiais convencionais. A resistência química do Fiberglass é determinada pela resina e construção do laminado.
  • Integração de Peças:
    Fibra de vidro permite a moldagem de peças complexas inteiriças, sem emendas, juntas, parafusos ou rebites.
  • Moldes Simples e Baratos:
    Fibra de vidro pode ser laminado em moldes simples e baratos, viabilizando a comercialização de peças grandes e complexas, com baixos volumes de produção. Mudanças de projeto são facilmente realizadas nos moldes de produção, dispensando a construção de moldes novos.
  • Baixo Custo de Acabamento:
    Geralmente as peças de Fibra de vidro são moldadas na cor desejada, com gelcoat, dispensando pintura de acabamento.
  • Baixo Custo de Manutenção:
    Com Fibra de vidro, os custos de manutenção são baixos devido a alta inércia química e resistência às intempéries, inerente ao material.

Conheça os componentes empregados na Fabricação de Peças em Fibra de Vidro

Rolo de Fibra de Vidro
Roving (Rolo de Fibra de Vidro)
Manta de Fibra de Vidro
Manta de Fibra de Vidro
Diversos Tipos de Fibra de Vidro
Diversos Tipos de Fibra de Vidro

Resina » Plástico

É um composto orgânico derivado do petróleo, que passa de seu estado líquido para o estado sólido, através de um processo químico chamado "Polimerização".

Roving » Fibra de Vidro

São os filamentos de vidro. É o tipo mais econômico de fibra de vidro. É fornecido em rolos e deve ser usado desenrolando-o por dentro. O uso mais comum é em um dispositivo que picota e espalha o fio sobre a superfície do molde. É caracterizado pela facilidade de corte, baixo nível de eletricidade estática, boa dispersão, rápida molhabilidade, boa retenção de propriedades mecânicas em ambientes agressivos e ausência de fibras brancas no laminado.

Catalisador

É o agente responsável pela aceleração da reação, sem, no entanto participar dela. Ele entra em reação, participa e não resulta nenhum resíduo, logo se tornando um Ativador da Reação.

O tipo de catalisador é definido considerando o tipo de resina que será utilizada na confecção do produto.

Gel Coat

É a "tinta" usada para pintar o molde, a pintura é a primeira fase da fabricação da peça.

FiberGlass Torres » Produtos em Fibra de Vidro - Rua Wilma Helena Kunz, 2568 - CEP: 95800-000 - Venâncio Aires - RS
Fone/Fax: (51) 3741.1254 - E-Mail: fiberglasstorres@gmail.com